Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Em tendência de queda, Eduardo Suplicy lidera disputa pelo Senado em SP

Petista tem 26% das intenções de voto, seguido por Mara Gabrilli (PSDB), com 17%; Major Olímpio (PSL) e Mario Covas Neto (Podemos) somam 14%

Alessandra Monnerat, Caio Sartori e Luiz Fernando Toledo, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2018 | 20h40

O líder das pesquisas para o Senado, Eduardo Suplicy (PT), continua a tendência de queda que havia apresentado nos últimos três levantamentos. O petista oscilou dois pontos para baixo e agora tem 26% das intenções de voto. No seu auge, registrado no dia 10 de setembro, o candidato pontuou 31%. Na corrida pelo governo do Estado, Skaf caiu 3 pontos, mas segue tecnicamente empatado com João Doria

A disputa para a segunda vaga permanece embolada. Mara Gabrilli (PSDB) está numericamente à frente, com 17% — dois a mais do que na pesquisa do dia 25 de setembro. Outros dois candidatos apresentaram índice de 14%: Major Olímpio (PSL), que tem um ponto a menos; e Mario Covas Neto (Podemos), que oscilou um ponto para cima. O destaque é Tripoli (PSDB), que subiu três pontos e agora tem 13%. Maurren Maggi (PSB), que tinha 9%, agora aparece com 10%.

Outros candidatos atingiram no máximo 5%. Brancos e nulos chegam a 23% para a segunda vaga e 17% para a primeira. Entre os entrevistados, 37% não sabem ou preferiram não responder.

A pesquisa foi realizada do dia 30 de setembro a 2 de outubro de 2018. Foram entrevistados 2.002 eleitores em 97 municípios. A margem de erro máxima estimada é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. / COLABORARAM CECILIA DO LAGO E BIANCA GOMES, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.