Em São Paulo, Dilma discute campanha com Lula

A presidente Dilma Rousseff manteve um encontro de três horas ontem, em São Paulo, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Dilma e o ex-presidente encontraram-se às 13h15 para um almoço reservado, na sede da Presidência da República no centro da capital. De acordo com a assessoria da presidente, Dilma viajou de Brasília a São Paulo apenas para se encontrar com Lula, em agenda privada.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2012 | 03h09

O tema da conversa não foi revelado, embora fontes ligadas ao PT tenham informado que o assunto central seria a entrada da presidente na campanha do partido nas eleições municipais. O PT quer a presença de Dilma nas disputas mais acirradas em capitais importantes estrategicamente para o projeto político do partido. Lula assumiu na prática a coordenação das campanhas do PT e quer dividir com Dilma o papel de cabo eleitoral.

Lula deixou a sede da Presidência às 16h20, mas Dilma permaneceu no local, acompanhada do ministro da Secretaria-Geral da Presidência e do assessor especial para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia.

O deslocamento da presidente em dia de expediente para uma agenda privada e, provavelmente, política, chegou a ser questionado pelos jornalistas. A assessoria de Dilma informou apenas que ela também havia despachado assuntos de interesse da Presidência.

A assessoria não confirmou se a presidente participou ontem de gravações para a campanha do PT. Esperava-se que Dilma gravasse programas de apoio ao ex-ministro Fernando Haddad, candidato do partido à prefeitura de São Paulo.

A própria presidente havia informado ao presidente nacional do partido, Rui Falcão, sua disposição de entrar na campanha municipal do PT na primeira quinzena de setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.