Thiago Santaella/Estadão
Thiago Santaella/Estadão

Em Santa Catarina, Comandante Moisés tem 59% dos votos válidos e Merísio, 41%

Ibope realizou pesquisas para o governo do Estado em Rondônia, Roraima, Mato Grosso do Sul e Amazonas

Marcelo Osakabe e André Ítalo Rocha, O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2018 | 20h36

O candidato do PSL ao governo do Estado de Santa Catarina nas eleições 2018, Comandante Moisés, lidera a disputa com 59% dos votos válidos, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira, 19. Gelson Merísio, do PSD, tem 41%.

Considerando-se os votos totais, Moisés tem 51 e Merísio, 35%. Brancos e nulos somaram 9% e indecisos, 6%.

A pesquisa Ibope foi realizada a pedido da NC Comunicações e entrevistou 812 eleitores entre 16 e 18 de outubro. Ela tem intervalo de confiança de 5% e margem de erro de três pontos porcentuais para cima ou para baixo. O levantamento foi registrado no TSE sob o código BR-01895/2018.

No Amazonas, Wilson Lima tem 65% dos votos válidos e Amazonino Mendes aparece com 35%

O Ibope também divulgou nesta sexta-feira a primeira pesquisa para a disputa do segundo turno para governador do Amazonas nas eleições 2018, entre Wilson Lima (PSC) e Amazonino Mendes (PDT). Lima lidera com 65% dos votos válidos, enquanto Mendes, atual governador, tem 35%. A margem de erro é de três pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Nos votos totais, Lima tem 63% e Mendes aparece com 34%. Os votos brancos e nulos somam 2%. Os que não sabem ou não responderam são 1%.

A pesquisa, encomendada pela Rede Amazônica, entrevistou 812 pessoas em 22 municípios do Estado. As entrevistas foram feitas entre 16 e 18 de outubro. O nível de confiança do levantamento é de 85%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR- 03129/2018. 

Em Rondônia, Coronel Marcos Rocha tem 63% dos votos válidos e Expedito Junior, 37%

O candidato do PSL ao governo de Rondônia nas eleições 2018, Coronel Marcos Rocha, lidera a disputa no segundo turno com 63% dos votos válidos, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira. Expedito Junior, do PSDB, tem 37%.

Considerando apenas os votos válidos, Rocha tem 57%, contra 33% do tucano. Brancos e nulos somam 6% e indecisos, 3%.

A pesquisa foi realizada a pedido da TV Amazonas e entrevistou 812 eleitores em 30 municípios entre 16 e 18 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais para cima ou para baixo. A pesquisa foi registrada no TSE com o código BR-09913/2018. 

Em Roraima, Denarium tem 62% dos votos válidos e Anchieta, 38%

O candidato do PSL ao governo do Estado de Roraima, Antonio Denarium, tem 62% das intenções de votos válidas na disputa do segundo turno, segundo pesquisa do Ibope divulgada nesta sexta-feira. José de Anchieta, do PSDB, tem 38%.

Considerando apenas os votos totais, Denarium tem 58%, contra 36% de Anchieta. Brancos e nulos somaram 2% e indecisos, 3%.

O Ibope entrevistou 812 eleitores entre 14 municípios entre 16 e 18 de outubro. A pesquisa, realizada a pedido da Rede Amazônica, tem intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 3 pontos porcentuais para cima ou para baixo. Ela foi registrada no TSE sob o código BR-08238/2018.

No Mato Grosso do Sul, Azambuja tem 53% dos votos válidos e Odilon, 47%

O Ibope divulgou nesta sexta-feira a primeira pesquisa para a disputa do segundo turno para governador de Mato Grosso do Sul, entre Reinaldo Azambuja (PSDB) e Juiz Odilon (PDT). Azambuja tem 53% votos válidos e Odilon aparece com 47%. Os dois estão empatados tecnicamente. A margem de erro é de três pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Nos votos totais, o tucano tem 48% e o pedetista conta com 42%. Os votos brancos e nulos somam 5%. Os que não sabem ou não responderam são 5%.

A pesquisa, encomendada pela TV Morena, entrevistou 812 pessoas. As entrevistas foram feitas entre 16 e 18 de outubro. O nível de confiança do levantamento é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o código BR-06833/2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.