Cesar Lopes/PMPA
Cesar Lopes/PMPA

Em Porto Alegre, prefeito alvo de processo de impeachment terá o maior tempo de propaganda eleitoral

Nelson Marchezan Junior (PSDB) é acusado de uso irregular de verba da saúde em propaganda

Lucas Rivas, especial para o ‘Estadão’

05 de outubro de 2020 | 17h52

PORTO ALEGRE – Coligado com o PSL e o PL, o prefeito Nelson Marchezan Junior (PSDB), que busca a reeleição em meio a um processo de impeachment, será o candidato com maior tempo de propaganda gratuita de rádio e televisão durante a corrida eleitoral em Porto Alegre. O tucano terá 2min9s com base no tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados.

De acordo com assessores de campanha, o prefeito não usará esse tempo para se defender perante os eleitores da acusação que levou à abertura do processo de impeachment: o uso irregular de verba da saúde em propaganda. Marchezan nega a acusação.

A distribuição dos tempos foi divulgada na sexta-feira, 2, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS). Propagandas vão indicar alternativas para a crise social e econômica no pós-pandemia. Os conteúdos também serão integrados entre redes sociais, rádio e televisão.

“A comunicação política pelos meios tradicionais já não surte o mesmo efeito que provocava anos atrás, vide a vitória de Jair Bolsonaro, com muito pouco tempo de propaganda eleitoral", avalia o cientista político e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Paulo Peres. Por isso, na sua visão, os candidatos mais competitivos terão que saber usar bem esse pouco tempo. “Especialmente as inserções ao longo do dia, que costumam atingir um público maior, pois são diluídas nas programações das emissoras e acabam pegando de carona essa audiência”, afirma.

Para Entender

Calendário Estadão

As datas, definições partidárias, candidaturas e a cobertura especial do jornal das campanhas pelo País e nos Estados Unidos

Confira como ficou a distribuição de cada candidato

Nelson Marchezan Jr (PSDB) – Coligação Mais Porto Alegre (PL, PSDB, PSL) – Tempo 02:09 - 633 inserções

Sebastião Melo (MDB) – Coligação Estamos Juntos Porto Alegre (Cidadania, DEM, MDB, Solidariedade) – Tempo 01:36 - 474 inserções

Manuel D'Ávila (PCdoB) – Coligação Movimento muda Porto Alegre (PCdoB, PT) - Tempo 01:14 - 366 inserções

Juliana Brizola (PDT) – Coligação Porto, Alegre de novo (PDT, PSB) – Tempo 01:10 – 346 inserções

Gustavo Paim (PP) – Coligação Porto Alegre pra ti (Avante, PP)- Tempo 00:54 – 265 inserções

José Fortunati (PTB) – Coligação Porto Alegre somos todos nós (Patriota, Pode, PSC, PTB) – Tempo 00:53 – 260 inserções

Valter Nagelstein (PSD) – Tempo 00:43 – 212 inserções

João Derly (Republicanos) – Tempo 00:37 – 187 inserções

Fernanda Melchionna (PSOL) – Tempo 00:16 – 80 inserções

Rodrigo Maroni (PROS) – Tempo 00:14 - 70 inserções

Montserrat Martins (PV) – Tempo 00:09 – 47 inserções

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.