José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Em novo aceno ao agronegócio, Marina visita feira no RS

Na tentativa de vencer a resistência de ruralistas a seu nome, candidata do PSB participa de exposição em Caxias do Sul

O Estado de S.Paulo

04 de setembro de 2014 | 11h57


São Paulo - A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, participa de uma exposição agropecuária em Caxias do Sul (RS), nesta quinta-feira, 4. É a segunda agenda de campanha dedicada ao setor desde que Marina assumiu a candidatura à Presidência no lugar de Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em agosto. Ex-ministra do Meio Ambiente do governo Lula e conhecida pela bandeira ambiental, a candidata procura se aproximar de ruralistas na tentativa de descontruir a desconfiança ao seu nome.

Na semana passada, Marina visitou uma feira do setor sucroalcooleiro no interior de São Paulo, onde fez um discurso em defesa da produção do etanol e criticou a atual política do governo Dilma. Na agenda desta quinta, a candidata vai ao território político de seu vice, o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS). O parlamentar não integra a bancada ruralista na Câmara, mas mantém bom relacionamento com empresários e produtores gaúchos. A escolha dele para compor a chapa foi entendida como uma disposição do PSB em promover o diálogo com o agronegócio.

Com uma trajetória política ligada à causa ambiental, Marina Silva é vista com resistência por representantes do meio rural, para quem a candidata priorizaria a defesa do meio ambiente em contraposição ao agronegócio. Como candidata, a ex-ministra vem repetindo não ser contrária ao setor, mas que defenderá práticas sustentáveis e que acha injusto associar os produtores a uma postura opositora às populações indígenas e ao meio ambiente.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesMarina Silvaagronegócio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.