Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

Cotado ao Planalto, Meirelles participa de entrega de casas ao lado de Temer

Presidente elogiou política econômica do ex-ministro da Fazenda em evento de entrega de residências do Minha Casa, Minha Vida, em Patos de Minas (MG)

Francisco Carlos de Assis e Leonardo Augusto, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

18 Maio 2018 | 11h28

PATOS DE MINAS - Em um discurso que durou menos de dois minutos, realizado na manhã de sexta-feira, 18, na cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais, em cerimônia de entrega de residências do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), o presidente Michel Temer aproveitou para enaltecer o seu ex-ministro da Fazenda e potencial candidato do MDB ao Palácio do Planalto nessas eleições, Henrique Meirelles.

+ MDB avalia lançar pré-candidatura de Meirelles em 15 dias

O presidente não fez menção à passagem de Meirelles pela Fazenda. A tarefa, porém, coube ao ministro das Cidades, Alexandre Baldy. "Cumprimento o ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que foi fundamental para que chegássemos a esse momento", afirmou, em discurso para famílias que participam do Minha Casa, Minha Vida.

O presidente, por outro lado, fez questão de frisar que Meirelles, assim como todos que estavam ali, sabiam da importância do programa. "Temos realmente essa ideia da importância que é o projeto Minha Casa, Minha Vida. Não foi sem razão que o Baldy trouxe a hipótese de mais 700 mil casas no País até dezembro, se Deus quiser".

Meirelles é cotado como possível candidato do MDB ao Planalto em outubro. Anteriormente, Temer também chegou a anunciar que poderia ser candidato à reeleição. A viagem do ex-ministro a Patos, na comitiva do presidente, no entanto, é um indicativo de que a opção por Meirelles está se consolidando.

+Meirelles reforça potencial de crescimento eleitoral ao MDB

O ex-ministro, que passou a maior parte da cerimônia sentado, não discursou. Antes, Temer, Meirelles e a comitiva visitaram também um hospital em Patos de Minas, cidade que fica no Alto Paranaíba, a 400 quilômetros de Belo Horizonte.

Depois de Patos de Minas, o presidente Temer seguiu para São Paulo, onde participou do seminário "Inovação: a Indústria do Futuro", organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Revista Exame, em São Paulo. Durante o evento, as perspectivas para a indústria foram discutidas. 

+Meirelles critica propostas de Ciro, Marina e Bolsonaro

Na última pesquisa eleitoral, divulgada em 14 de maio pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), Temer aparece com 0,9% das intenções de voto. Meirelles, com 0,3%

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.