Em Jundiaí, PC do B decreta fim da hegemonia tucana

O engenheiro Pedro Bigardi (PC do B), de 52 anos, foi eleito prefeito de Jundiaí com 65,57% dos votos, ante 34,43% de Luiz Fernando Machado (PSDB). Aliado do PT, sua vitória põe fim a 20 anos de hegemonia do PSDB na prefeitura da cidade, que tem 257 mil eleitores.

O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2012 | 03h05

A maior derrota é do atual prefeito, Miguel Haddad (PSDB), que, no 3º mandato, desistiu da disputa. Bigardi quase venceu no 1º turno - terminou com 49,9% dos votos válidos. No 2º, teve apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que fez comício na cidade há uma semana. / R.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.