Em evento com Pezão e Eduardo Paes, Dilma destaca 'parceria excepcional' no Rio

Presidente voltou a reafirmar aliança com o governo local durante entrega de imóveis do Programa Minha Casa Minha Vida

Felipe Werneck e Mariana Sallowickz, O Estado de S. Paulo

30 Junho 2014 | 20h36

 Em cerimônia de entrega de unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida, no Rio, a presidente Dilma Rousseff voltou a defender a "parceria excepcional"  com o PMDB no Estado, ao lado do governador Luiz Fernando Pezão e do prefeito Eduardo Paes.

Dilma afirmou que Pezão e Paes, a quem chamou de "trabalhador", representam "o que conseguimos de melhor no Rio". A presidente também mencionou o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e o ex-presidente Lula. "Herdamos a parceria entre Cabral e Lula, demos continuidade e avançamos".

A fala da presidente ocorre em meio ao palanque dividido no Estado, com o PMDB local aliado ao DEM e ao PSDB. Pezão deverá enfrentar o candidato do PT na sucessão estadual, Lindbergh Farias. Grande parte do PMDB fluminense já declarou apoio a Aécio Neves (PSDB) na corrida presidencial, movimento que tem sido chamado de "Aezão". O governador também mencionou a parceria com o governo federal em seu discurso. "Nada nos separa, presidente", disse Pezão.

O prefeito também mencionou a integração dos governos. "Nós mudamos a cara do Estado com a parceria. Antes, vivíamos apostando no quanto pior, melhor, quanto mais briga, melhor. Se o Rio melhorou, virou exemplo, é porque trabalhamos em parceria". Ele encerrou o seu discurso dizendo: "Viva a presidente Dilma, viva o governador Pezão, viva o Rio, viva a parceria".

A cerimônia teve a presença de políticos locais aliados e do ministro das Cidades, Gilberto Occhi. Um grupo de moradores recebeu as chaves dos apartamentos no palco, montado em cima do estacionamento do novo condomínio.

"Essa casa é de vocês. Vocês não devem nada a ninguém. Isso é fruto da decisão de usar os impostos, pagos por todos os brasileiros, para construir essas casas", disse Dilma, que foi aplaudida pela plateia, formada por centenas de famílias que irão morar nos apartamentos.

Dilma disse que até o fim do ano serão contratadas 3,750 milhões de moradias no Brasil dentro do programa MCMV, "conforme prometido". "Faremos uma grande cerimônia em vários Estados e vamos lançar número maior do que os 2,75 milhões do meu governo", disse sobre a terceira fase do programa.

"É uma visão de como se deve governar o Brasil, o Estado do Rio e a cidade do Rio, dando oportunidades, gastando o dinheiro do orçamento para beneficiar a vida de milhões de brasileiros e não para beneficiar a vida de uns poucos, como era no passado".

A presidente também elogiou o corredor expresso de ônibus BRT Carioca, recentemente inaugurado por Paes e por ela. "Nunca vi uma obra tão bem feita".

Dilma participou da entrega de 998 unidades dos residenciais Zé Keti e Ismael Silva, no centro do Rio, pelo programa Minha Casa Minha Vida. Os imóveis ficam no terreno do antigo Complexo Penitenciário Frei Caneca, que foi implodido. Desse total, 642 apartamentos serão destinados a famílias desabrigadas pelas chuvas de 2010 e outras 22 unidades a indígenas expulsos da Aldeia Maracanã no ano passado, segundo o governo do Estado.  As moradias custaram R$ 62,8 milhões.

Priscila Ferreira de Oliveira, de 23 anos, vai se mudar com os três filhos e o marido para um dos apartamento de 43,23 m² do conjunto habitacional. "Eu estava há quatro anos aguardando na fila", disse Priscila, que morava no morro do Querosene e perdeu a sua casa com as chuvas de 2010. Ela e o marido estão desempregados e recebem R$ 150 do Bolsa-Família. "Estou muito feliz porque muitas famílias foram para o Minha Casa Minha Vida de Senador Camará e estão arrependidos. Eu tive sorte de vir para cá, que é no centro, perto de tudo". Ela disse que vai pagar uma taxa de R$ 25 por mês.

Mais conteúdo sobre:
Eleições Dilma Rousseff PMDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.