DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Em churrascaria, Bolsonaro pergunta: 'O que acham do Mourão?'

O presidenciável do PSL não escondeu o incômodo, durante viagem a Goiás, nesta quinta-feira, 19, com a dificuldade para escolher um vice para sua chapa nas eleições 2018 e propôs 'enquete' com o nome do general da reserva

Leonencio Nossa, ENVIADO ESPECIAL , O Estado de S.Paulo

20 Julho 2018 | 00h08

RIO VERDE (GO) - Durante almoço em uma churrascaria às margens da BR-060, no caminho entre Goiânia e Rio Verde (GO), nesta quinta-feira, 19, o pré-candidato ao Palácio do Planalto nas eleições 2018 Jair Bolsonaro (PSL) não escondeu o incômodo com a dificuldade para escolher um vice para sua chapa. Ele se levantou da mesa, logo após comer uma macarronada, e começou um discurso improvisado para policiais, garçons e aliados que estavam no local.

Depois de atacar adversários e reclamar que leva “porrada” demais da imprensa, Bolsonaro falou sobre a definição de quem será seu vice. “Eu vou tentar até o último minuto colocar o general Heleno, mas está difícil.” E emendou: “E o que vocês acham do Mourão?” A pergunta pegou a plateia de surpresa. Alguns aplaudiram, a maioria ficou em silêncio.

O PRP já anunciou que não vai fazer coligação com o PSL de Bolsonaro. No caso do PRTB, partido do general da reserva Hamilton Mourão, um eventual acordo ainda depende de negociações com dirigentes da sigla. 

Bolsonaro aproveitou para defender as Forças Armadas e o período do regime militar (1964-1985). “Eu quero governar com as Forças Armadas para a manutenção da lei e da ordem”, afirmou. “Mas agora sendo eleito pelo voto.” “Quem tem cabelo branco aqui sabe que, no tempo do regime, família tinha respeito, havia vergonha na cara. Agora, um capitão do Exército vai chegar ao poder pelo voto.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.