Em Campinas, Dilma avisa ao PSB que tem 'time'

A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula participaram ontem pela manhã de comício do candidato a prefeito de Campinas Márcio Pochmann (PT), na região central da cidade. Dilma e Lula atacaram os governos do PSDB e a presidente mandou um recado ao PSB do adversário local Jonas Donizette - partido da base do governo federal, mas que em Campinas está aliado com os tucanos.

O Estado de S.Paulo

21 de outubro de 2012 | 03h05

"Somos de um governo que não persegue ninguém nem discrimina, mas isso não significa que eu não tenha time", disse Dilma. Jonas tem usado a aliança do com o PT no plano federal para dizer que terá boas relações com Dilma, apesar de ser coligado na cidade com o PSDB, que tem o vice em sua chapa.

Lula disse que a trajetória eleitoral de Pochmann é similar à da presidente. "Diziam que o Márcio era só um poste, como diziam que a Dilma era um poste, que não sabia governar. Mas é de poste em poste que o Brasil vai ficar iluminado."

Relembrando sua primeira disputa presidencial, em 1989, Lula chegou a se comparar a Cristo. "As mesmas pessoas que amavam o Cristo porque tinha barba me odiavam porque eu tinha barba." / RICARDO BRANDT

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.