Sérgio Castro/AE
Sérgio Castro/AE

Em busca de eleitor de Bolsonaro, Alckmin promete programa 'Linha Dura'

Campanha do ex-governador de São Paulo nas eleições 2018 reforça discurso da segurança pública

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2018 | 14h16

Em busca do eleitorado de Jair Bolsonaro, presidenciável do PSL, a campanha do ex-governador Geraldo Alckmin, candidato do PSDB à Presidência da República nas eleições 2018, reforçou o discurso da segurança pública e lançou no horário eleitoral um programa chamado “Linha Dura”, que promete “endurecer as leis”.

O comercial exibido hoje também criticou os governos Dilma Rousseff e Michel Temer, mas poupou Bolsonaro de ataques diretos no bloco de 5min32s exibido na tarde desta terça-feira, 18.

O comercial tucano apresentou um novo jingle que exalta a experiência do tucano e prometeu criar uma força tarefa de elite “nos moldes do FBI”.

O comando da campanha tucana promoveu mudanças na estratégia de marketing após as mais recentes pesquisas de intenção de voto mostrarem que Alckmin está estagnado, Bolsonaro estabilizado na liderança e Fernando Haddad (PT) em curva ascendente.

Em entrevistas e sabatinas, Alckmin tem feito um apelo pelo voto útil ao pregar que votar em Bolsonaro é passaporte para a volta do PT porque o candidato do PSL perderia para qualquer um no segundo turno.

A campanha de Alckmin está sendo pressionada por aliados e tucanos a focar a estratégia no antipetismo para chegar ao segundo turno.            

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.