Em 2010, intenção de voto no candidato do PRB variou pouco

Em 2010, quando concorreu ao governo de São Paulo, então pelo PP, Celso Russomanno teve variações pequenas em seus índices de intenção de voto durante toda a campanha eleitoral.

O Estado de S.Paulo

24 de julho de 2012 | 03h09

No final de julho, o Ibope atribuía a ele 9% das preferências. Em outubro, às vésperas do primeiro turno, o então candidato alcançava 8% no mesmo instituto. Segundo o Datafolha, ele começou a campanha com 11% e chegou à reta final com 9%,

Nas urnas, Russomanno teve 5,42% dos votos em todo o Estado e 6,67% na capital, cidade que agora pretende administrar. O vitorioso em 2010 foi o tucano Geraldo Alckmin, que encerrou a disputa já no primeiro turno.

A eleição de 2010 foi a segunda que Russomanno disputou para um cargo executivo - em 2000, ele teve pouco mais de 22% dos votos ao se candidatar à Prefeitura de Santo André, no Grande ABC, disputa que perdeu para o petista Celso Daniel.

Eleito deputado federal em quatro ocasiões, o atual candidato do PRB já foi filiado ao PFL (de 1985 a 1994), ao PSDB (de 1994 a 1997), ao PPB (de 1997 a 2003) e ao PP (de 2003 a2011).

As duas últimas legendas são, na prática, a mesma, já que o PPB teve seu nome alterado para PP no ano de 2003. / D. B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.