Ed Ferreira/Estadão
Ed Ferreira/Estadão

Eleito governador de Goiás, Caiado pede agilidade para formação de equipe de transição

Senador afirmou que uma das suas principais preocupações é a situação fiscal goiana, que impede que o Estado realize empréstimo e renegocie dívidas

Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2018 | 21h00

GOIÂNIA - Após ser eleito no primeiro turno para o governo de Goiás, o senador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou que já solicitou ao atual governador a formação de uma equipe de transição. "Recebi uma ligação por volta das 19 horas do atual governador que me disse que amanhã (segunda-feira) deverá ter uma reunião do secretariado", afirmou Caiado, em coletiva realizada há pouco em seu comitê em Goiânia.

Caiado afirmou que uma das sua principais preocupação é a situação fiscal de Goiás que impede que o Estado realize empréstimo e renegocie dívidas. "Mesmo sabendo da situação fiscal do Estado isso não diminui sua importância", disse. Caiado ressaltou também que deve dar prioridade à segurança no Estado e deve buscar parceria federal para reduzir os índices de criminalidade de Goiás.

Ele disse em seu discurso que seu projeto (sua eleição) não tem nenhuma finalidade partidária e que não houve negociação prévia de cargos. Apesar disso, disse que a base do MDB foi essencial em sua campanha.

Durante a coletiva, Caiado voltou a dizer que seu apoio ao candidato à presidência da república será definido na terça-feira, em reunião com os dirigentes do DEM em Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.