Edivaldo Holanda é reeleito prefeito de São Luís e consolida grupo de Flávio Dino

Votos em branco e nulos somaram 24.702 e abstenções foram 106.244, o que representa um total de 16,10%

Por Felipe Vilhena, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2016 | 23h32

Edivaldo Holanda Júnior, do PDT, foi reeleito prefeito de São Luís (MA) neste segundo turno com 285.242 ou 53,94% dos votos válidos. Ele concorria com Eduardo Braide (PMN), que teve 243.591, correspondente a 46,06%. Votos em branco e nulos somaram 24.702 e abstenções foram 106.244, o que representa um total de 16,10% do eleitorado da capital.

Holanda Júnior é empresário e entrou para a política em 2002, quando se tornou líder da juventude do PSDB e participou das campanhas de Jackson Lago (PDT) ao governo do Maranhão e de Lula (PT) à Presidência da República. O primeiro mandato disputou pelo PTC em 2004, tendo sido eleito vereador com 3.376 votos e posteriormente reeleito com 10.670 em 2008.

Em 2010, candidatou-se à Câmara dos Deputados e teve desempenho surpreendente: 104.015 votos, dos quais cerca de 70 mil saíram de São Luís. Os resultados na capital fortaleceram seu nome para a eleição municipal de 2012, da qual sagrou-se vencedor com 280.809 ou 56,06% dos votos no segundo turno que disputou com o então prefeito João Castelo (PSDB), que teve 220.085 ou 43,94%.

Mais jovem prefeito da história de São Luís, Holanda é aliado do governador Flávio Dino (PCdoB), cujo partido indicou a vice o sindicalista Júlio Pinheiro, e sua reeleição é mais um capítulo da derrocada da família Sarney no Maranhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.