'É estratégia de desespero', diz líder

Líder do PT na Câmara, deputado Jilmar Tatto (SP) criticou as declarações do advogado de Roberto Jefferson. "É uma defesa desqualificada combinada com o desespero do cliente falido politicamente, cassado, que não tem credibilidade. É a estratégia do desespero", afirmou Tatto. "Quem é Jefferson hoje? Ele não representa nada na política brasileira", continuou. Tatto lembrou que na época da denúncia, em 2005, Jefferson disse que Lula não estava envolvido. O líder petista contesta a existência do mensalão. "A tese de que o presidente comprou deputados desmoronou, não se sustenta."/ DENISE MADUEÑO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.