D'Urso, do PTB, fará chapa com Russomanno

O PRB e o PTB selaram ontem à noite um acordo para as eleições municipais de outubro em São Paulo. O pré-candidato do PTB, Luis Flávio D'Urso, ficou com a vaga de vice na chapa do ex-deputado e apresentador de TV Celso Russomanno. D'Urso será apresentado amanhã - último dia para a realização das convenções partidárias.

O Estado de S.Paulo

29 Junho 2012 | 03h02

"Agora só falta assinar na convenção", disse um líder do PRB após confirmar a aliança.

Participaram da negociação o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, o próprio Russomanno e o líder do PTB paulista, deputado estadual Campos Machado.

Russomanno fortalece assim sua exposição no horário eleitoral gratuito em rádio e TV. Ele amplia seu tempo de TV em cerca de 60% e chega a ter cerca de 2 minutos por bloco de propaganda.

A exposição no horário eleitoral é considerada prioridade por Russomanno, já que ele poderia cair nas pesquisas caso "sumisse" da TV. Ele tem de se desligar da TV Record amanhã, por imposição da Justiça Eleitoral.

Em crescimento nas pesquisas de opinião, Russomanno está em segundo lugar com 24% das intenções de voto, segundo o último Datafolha. Só perde para José Serra (PSDB), que tem 31%.

Reviravolta. Campos Machado começou a mudar sua posição anteontem. Antes, ele garantia que não abriria mão da candidatura própria: "Não tenho como recuar dessa situação, que é fundamental para o futuro do partido", afirmou há uma semana.

O cacique petebista, no entanto, chegou a conversar com o PMDB de Gabriel Chalita. E esteve depois com tucanos: o senador Aloysio Nunes Ferreira, o deputado Vaz de Lima e o governador Geraldo Alckmin (com quem diz ter um pacto de amizade). Mas fechou com o PRB, onde tentará refazer a bancada de três vereadores petebistas na Câmara Municipal. / F.F., J.D. E B.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.