DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Doria escolhe Rodrigo Garcia (DEM) como candidato a vice

O ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) definiu o nome do deputado federal Rodrigo Garcia como seu candidato a vice-governador nas eleições 2018

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

19 de julho de 2018 | 10h38

O ex-prefeito João Doria (PSDB), pré-candidato ao governo do Estado, confirmou o nome do deputado federal Rodrigo Garcia (DEM) para a vaga de vice na chapa que disputará o Palácio dos Bandeirantes nas eleições 2018. O anúncio oficial será feito na sexta-feira, 20, às 12h em hotel na zona oeste de São Paulo.

Enquanto o DEM negocia seu futuro na eleição presidencial, o partido indicou o parlamentar, que foi secretário na gestão do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), para compor a chapa tucana no Estado. Garcia é da ala do partido que defende a aliança entre tucanos e democratas nacionalmente.

O DEM está dividido entre apoiar Alckmin ou compor chapa com o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT). Os fatores que mais devem pesar para o apoio do DEM ao candidato à Presidência são o fortalecimento da sigla e o protagonismo regional de acordo com parlamentares ouvidos pelo Estado. No dia 11 de julho, o vice-líder do partido na Câmara, deputado Efraim Filho (PB), em entrevista à Rádio Eldorado, afirmou que os palanques locais podem influenciar na escolha nacional. "(Vamos apoiar) aquele que conseguir fortalecer os projetos de protagonismo do DEM nos Estados. O DEM não tem governadores e esses palanques locais podem ser a costura que leve o partido a tomar a decisão", afirmou. 

Na conversa, Efraim admitiu que a sigla está dividida mais fortemente entre os nomes de Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes  (PDT). A Executiva Nacional da sigla pende mais para o ex-ministro Ciro Gomes, enquanto a bancada na Câmara sinaliza uma preferência pelo ex-governador de São Paulo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.