Dirceu diz que 'luta continua' mesmo se estiver em prisão

O ex-ministro José Dirceu, condenado a mais de dez anos no julgamento do mensalão, disse ontem que "a luta continua" mesmo quando estiver preso. O petista discursou para cerca de 150 pessoas em um auditório do Sindicato dos Bancários de Curitiba.

O Estado de S.Paulo

04 de dezembro de 2012 | 02h05

"Vou continuar lutando em qualquer circunstância. Se eu estiver em regime fechado, como está hoje estabelecido pela sentença que já foi dada, lá dentro eu vou continuar lutando", afirmou. Dirceu disse que "o poder começa a se deslocar para o o outro lado da praça, onde está o Judiciário, e para os grupos de comunicação", em alusão à Praça dos Três Poderes, em Brasília. / JULIO CESAR LIMA, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.