Dinheiro privado começa a entrar na campanha do PRB

A candidatura de Celso Russomanno (PRB) recebeu em agosto suas primeiras doações de empresas privadas: R$ 500 mil da Construtora OAS e R$ 100 mil do grupo Votorantim. Antes de Russomanno assumir a liderança nas pesquisas, as grandes corporações só haviam contribuído com as campanhas de José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT).

O Estado de S.Paulo

07 de setembro de 2012 | 03h05

O candidato petista lidera as doações, com R$ 13,4 milhões de receita nas contas de sua candidatura e do comitê financeiro do partido no município. Serra já arrecadou R$ 8,7 milhões, Gabriel Chalita (PMDB) tem R$ 5 milhões e Russomanno soma R$ 1.5 milhões. / BRUNO BOGHOSSIAN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.