Dilma troca tuítes com Ronaldinho

Pelo Twitter, presidente manda apoio a jogador

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2013 | 02h09

Torcedora do Atlético-MG, a presidente Dilma Rousseff usou a sua conta no Twitter, reativada na última sexta-feira, para mandar um recado ao jogador Ronaldinho Gaúcho, que sofreu uma lesão na coxa semana passada e pode não entrar mais em campo nesta temporada.

"Minha solidariedade ao @10Ronaldinho, craque do meu #Galo. Na torcida para que ele se recupere a tempo do Mundial", disse Dilma anteontem, mostrando que, apesar de ter ficado sem tuitar desde 2010, sabe como usar arrobas e hashtags.

Também pelo Twitter, o jogador agradeceu nesse domingo, 29, o apoio da "presidenta" e disse estar com "foco total na recuperação" para poder participar do Mundial de Clubes da Fifa, que será disputado no fim do ano no Marrocos.

Em julho, quando o Atlético-MG foi campeão da Libertadores, Dilma emitiu uma nota para dar parabéns ao time, mas cometeu uma gafe ao dizer que ia ao Mineirão assistir aos jogos da equipe quando era criança. O estádio, porém, foi inaugurado quando a presidente estava prestes a completar 18 anos.

A volta de Dilma ao mundo virtual faz parte da estratégia de comunicação para as eleições de 2014. Na sexta-feira, além de bater um papo virtual com o seu perfil falso na rede, a Dilma Bolada, a presidente lançou uma página do Palácio do Planalto no Facebook e uma conta no Instagram.

Nesse primeiro fim de semana online, Dilma também usou o microblog para contestar as análises sobre a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) divulgadas na mídia e para dar um conselho aos seus seguidores: "Quem bebe, não dirige", disse ela no sábado à noite.

Mais conteúdo sobre:
DilmaTwitterRonaldinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.