Dilma relembra doença e deseja recuperação a ex-presidente

Políticos de partidos aliados e da oposição também manifestaram solidariedade a Lula em notas e via redes sociais

BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2011 | 03h02

A presidente Dilma Rousseff afirmou, em nota divulgada ontem, que a descoberta do tumor na laringe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi feita em um estágio que permite "seu tratamento e cura". "Como todos sabem, passei pelo mesmo tipo de tratamento, com a competente equipe médica do Hospital Sírio-Libanês, que me levou à recuperação total", disse. "Tenho certeza de que acontecerá o mesmo com o presidente Lula."

"Como presidente da República e ex-ministra do presidente Lula, mas, sobretudo, como sua amiga, companheira, irmã e admiradora, estarei ao seu lado com meu apoio e amizade para acompanhar a superação de mais este obstáculo", afirmou Dilma, na nota.

O Diretório Nacional do PT manifestou "apoio e carinho" ao ex-presidente. "A direção nacional do PT, contando com o seu pronto restabelecimento, conclama a nação brasileira a enviar uma calorosa mensagem de confiança e de energia positiva ao ex-presidente Lula neste momento de dificuldade", diz o texto divulgado pelo diretório ontem.

Mensagens. Políticos de diferentes partidos também expressaram solidariedade a Lula. O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), divulgou nota na qual afirma que Lula será vitorioso na batalha contra a doença. "Tenho certeza de que o homem que conheci na década de 1980, sempre forte, aguerrido e cheio de vida, enfrentará a doença com a mesma força e energia que todos conhecemos."

O ex-ministro do Esporte, Orlando Silva, que assumiu a pasta por indicação de Lula e deixou o cargo na quarta-feira, participava de reunião do PC do B que avaliava a conjuntura política após a crise envolvendo o partido. Ao deixar o encontro, afirmou que "Lula é um guerreiro e vai sair dessa".

O novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, desejou "votos de rápida recuperação ao amigo e presidente Lula" pelo Twitter. Na mesma rede social, o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), afirmou: "Nosso guerreiro vencerá mais uma! Que Deus proteja o companheiro Lula!"

Na oposição, o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), também se manifestou pelo Twitter. "Espero que o presidente Lula tenha rápida recuperação. O debate político ainda precisa muito da contribuição dele", disse o tucano. O líder do DEM na Câmara, ACM Neto (BA), afirmou na mensagem: "Desejo total recuperação ao ex-presidente Lula. Ele vai superar isso. Diferenças ficam no campo político, sempre. Que a família tenha fé!"

O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP), divulgou mensagem sobre Lula. "O PPS é solidário ao ex-presidente Lula e a sua família. Nós desejamos sucesso em seu tratamento e a sua pronta recuperação", disse o parlamentar. "Lula é um lutador, já venceu muitas batalhas e vencerá mais esta", disse, em nota, o presidente do Senado, José Sarney. / RENATO ANDRADE e DENISE MADUEÑO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.