Dilma diz que PT sairá mais forte das eleições

Após votar em Porto Alegre, ministra-chefe da Casa Civil afirmou que partido venceu em locais importantes

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

26 de outubro de 2008 | 10h14

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou que, com qualquer resultado no segundo turno, o PT sairá mais forte do que entrou nas eleições municipais deste ano. "O partido ganhou muitas cidades médias e grandes, que concentram a população do País", destacou, ao chegar ao café da manhã da candidata à prefeitura de Porto Alegre, Maria do Rosário, na sede municipal do PT.Lembrada pelos repórteres que o PT pode perder as prefeituras simbólicas, como São Paulo e Porto Alegre, Dilma esquivou-se do assunto, alegando que não discutiria hipóteses. A ministra preferiu considerar que todos os partidos da base aliada do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva "avançaram e se consolidaram" neste ano e citou o PMDB, o PSB, o PDT, o PP e o PTB.Dilma evitou fazer qualquer projeção para a sucessão de Lula "Na eleição deste ano não está colocada nenhuma consideração a respeito de 2010", ressaltou. "É uma eleição que tem valor em si porque os municípios por si só são muito importantes para a melhoria da governabilidade e é nos municípios que os programas sociais e de infra-estrutura se realizam."Evitando abordar sua possível candidatura para a presidência em 2010, Dilma também desconversou ao responder sobre a possibilidade de ter adquirido gosto pelo palanque, já que nunca disputou um cargo eletivo e participou ativamente da campanha deste ano. "Achei interessante a campanha, ela permite conhecer manifestações diferentes em cada Estado de um País que é muito rico", comentou, referindo-se aos ritmos musicais regionais que embalaram a disputa.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesDilmaPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.