Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Dilma dará entrevista ao 'Jornal da Record' e ao 'Jornal Nacional'

Presidente reeleita do PT repete ação de 2010, quando também falou com as duas emissoras no dia seguinte à apuração dos votos

Rafael Moraes Moura e Vera Rosa , O Estado de S. Paulo

27 de outubro de 2014 | 14h51

A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) acertou duas entrevistas para a noite desta segunda-feira (27). Às 20h, Dilma será entrevistada pelo Jornal da Record e às 20h45, pelo Jornal Nacional, repetindo o que fez quando foi eleita pela primeira vez, em 2010, quando também falou com as duas emissoras no dia seguinte à apuração dos votos.

No segundo turno, o Jornal Nacional cancelou as entrevistas com Dilma e o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves. A Globo alegou na ocasião que "foram feitos pedidos quanto ao tempo e formato das entrevistas: postulava-se que a duração da entrevista excluísse o tempo das perguntas". De acordo com a emissora, não foi possível se chegar a um acordo. No primeiro turno, Dilma não quis dar entrevista ao Jornal da Globo e as perguntas que seriam feitas à petista acabaram sendo lidas no ar.

Agenda. Por volta das 17 horas desta segunda-feira, Dilma deverá receber no Palácio da Alvorada o governador da Bahia, Jaques Wagner, e o seu sucessor, Rui Costa (PT), eleito já no primeiro turno.

Pela manhã desta segunda, a presidente recebeu no Alvorada o assessor especial da Presidência para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia. Alguns militantes do PT passaram na frente do palácio carregando bandeiras para comemorar o resultado das urnas.

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesPTDilma Rousseff

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.