Desempenho de Kassab superou previsão de pesquisas

O primeiro lugar de Gilberto Kassab (DEM) no primeiro turno da eleição em São Paulo não foi previsto por nenhum instituto de pesquisa, pelo menos até boca-de-urna feita logo após o fechamento das seções de votação. Pela boca-de-urna realizada pelo Ibope, a pedido do jornal O Estado de S. Paulo e da Rede Globo, Marta estava em primeiro, com 36%, e Kassab em segundo, com 32% dos votos válidos. Como a margem de erro da pesquisa era de 2 pontos porcentuais, no limite os dois candidatos podiam estar empatados com 34% dos votos. Mas com 94% das urnas apuradas, o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indicava hoje à noite vitória de Kassab, com 33,76% dos votos válidos, e Marta em segundo, com 32,56%Todos os levantamentos anteriores indicavam vitória da petista. Pesquisa Datafolha publicada na edição de hoje do jornal "Folha de S.Paulo" dava 36% para Marta e 30% para o prefeito. Alckmin tinha 21% dos votos válidos. O levantamento tinha margem de erro de 2 pontos porcentuais para cima ou para baixo. Marta, portanto, estava à frente de Kassab.Na pesquisa Ibope publicada hoje no jornal O Estado de S. Paulo, a vantagem de Marta era ainda maior: 35% a 27%, uma diferença de 8 pontos porcentuais, acima da margem de erro admitida para a pesquisa (3 pontos para cima ou para baixo).O crescimento surpreendente de Kassab se deu em toda cidade. No começo da noite, com 48,38% das urnas apuradas na cidade, Kassab tinha 35,11% dos votos, contra 30,02% de Marta. Nas zonas eleitorais do centro de São Paulo, Kassab liderava. Nas região oeste, o candidato do DEM liderava em todas as seis zonas eleitorais. Na zona leste, Kassab liderava em 12 zonas eleitorais, contra 7 de Marta - 3 zonas eleitorais ainda não tinham dados sobre os votos.Kassab liderava também em quatro zonas eleitorais da zona norte de São Paulo, contra quatro de Marta. Na zona sul, Kassab liderava em oito zonas eleitorais, contra cinco de Marta. Na zona sul, seis zonas eleitorais ainda não haviam computado votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.