Deputado questiona Maia sobre uso da pauta de votação

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), foi cobrado, ontem, em discurso no plenário, para que explique suposto uso da pauta de votações para obter vantagens no governo. Maia elaborou uma lista de votações, com o aval dos líderes partidários, com potencial para aumentar gastos públicos, forçando o Planalto a operar com seus ministros para convencer a base a evitar a aprovação dos projetos.

O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2012 | 03h11

Entre outros itens, Maia colocou em votação o projeto que reduz de 42 para 30 horas semanais a jornada de trabalho de enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem e prometeu votar em breve a proposta que acaba com o fator previdenciário no cálculo do valor das aposentadorias ligadas ao INSS.

O pedido de explicações partiu do deputado Mendonça Prado (DEM-SE), que se envolveu em um bate-boca com Maia na sessão da noite de anteontem. Manobras regimentais do governo, com a ajuda do PT, evitaram a votação do projeto da jornada dos enfermeiros. Com as galerias cheias, Prado acusou Maia de agir para prejudicar e enganar os enfermeiros, irritando o presidente. / DENISE MADUEÑO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.