Deputado do PT-PE formaliza renúncia de seu mandato

O deputado Maurício Rands (PT-PE) formalizou a renúncia de seu mandato parlamentar com o envio de ofício ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). O documento foi lido na sessão do plenário nesta sexta e, para a renúncia ser efetivada, precisa ser publicada no Diário da Câmara, o que deve acontecer na segunda-feira. Rands renunciou ao mandato e pediu a desfiliação do PT acusando a direção do partido de autoritária por ter anulado as prévias do partido e imposto o senador Humberto Costa (PT-PE) como candidato petista à prefeitura de Recife. As candidaturas de Rands e do prefeito de Recife, João da Costa (PT), que disputaram a prévia, foram retiradas pela direção nacional.

DENISE MADUEÑO, Agência Estado

06 de julho de 2012 | 16h44

Na carta de renúncia, Rands afirma que desde o primeiro mandato, iniciado em 2003, desempenhou suas funções com espírito público e com responsabilidade e que, agora, entende que chega ao fim um ciclo de vida partidária e política. "Renuncio ao mandato por acreditar que já cumpri com minha missão, apresentando, debatendo e aprovando matérias relevantes e, sobretudo, legislando sempre com o norte do interesse coletivo e do aperfeiçoamento democrático", diz Rands, em trecho do documento. "Reitero a todos que saio da vida pública e da política partidária para exercer ainda mais plenamente a cidadania", conclui a carta, com agradecimento a seus eleitores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.