Emidio Marques/Cruzeiro do Sul
Emidio Marques/Cruzeiro do Sul

Democrata vence com apoio do PMDB em Sorocaba

Prefeito eleito, José Crespo chegou ao segundo turno pela terceira vez e considerou decisivo o apoio recebido do ex-prefeito Renato Amary (PMDB)

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2016 | 20h05

SOROCABA – Em sua quinta disputa pela prefeitura, o engenheiro José Antonio Caldini Crespo, de 61 anos, foi eleito prefeito de Sorocaba, interior de São Paulo, neste domingo (30). Seu adversário, Raul Marcelo, do Psol, admitiu a vitória do concorrente com mais de 90% das urnas apuradas - o democrata tinha 58,4% dos votos.

Crespo chegou ao segundo turno pela terceira vez e considerou decisivo o apoio recebido do ex-prefeito Renato Amary, do PMDB. O ex-prefeito desistiu de concorrer por responder a processos que poderiam enquadrá-lo na Lei da Ficha Limpa e se engajou na campanha do democrata. No passado, os dois foram adversários políticos.

Filho do ex-prefeito José Crespo Gonzales, que administrou a cidade no início dos anos 70, Crespo foi deputado estadual em dois mandatos e, atualmente, exerce o cargo de vereador – foi o mais votado da cidade. O democrata venceu prometendo rápida solução para a saúde, um dos principais problemas enfrentados pela cidade. Também planeja modernizar a gestão pública e investir em transporte coletivo.

A coligação do prefeito eleito vai contar com maioria na Câmara. Raul Marcelo é deputado estadual pelo Psol e volta à Assembleia Legislativa.

Mais conteúdo sobre:
SorocabaEleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.