DEM quer apoiar PSDB em cidades sem candidato do partido

Decisão ajudaria a cobrar dos tucanos uma contrapartida na capital paulista neste segundo turno

Carolina Freitas, da Agência Estado,

06 de outubro de 2008 | 18h11

Líderes do DEM e o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, encaminharam nesta segunda-feira, 6, à Executiva Nacional do partido proposta para que a legenda apóie o PSDB nas cidades em que não há candidatos democratas na disputa pelo segundo turno. Veja Também:Especial: Perfil dos candidatos   Tire suas dúvidas sobre as eleições  Caberá à Executiva oficializar o apoio, mas a decisão ajudaria a cobrar dos tucanos uma contrapartida na capital paulista neste segundo turno. Após um conturbado primeiro turno, com DEM e parte do PSDB em lados opostos, Kassab deixou claro no domingo, 5, que conquistar o apoio dos tucanos será sua prioridade. A recomendação dos líderes democratas saiu de uma reunião feita nesta segunda-feira, 4, em São Paulo. Participaram do encontro o presidente nacional do partido, deputado federal Rodrigo Maia (RJ), o presidente de honra, Jorge Bornhausen, o presidente do Instituto Tancredo Neves, deputado federal José Carlos Aleluia (BA), e Kassab, que é presidente do Conselho Político do DEM.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.