Datafolha: petista lidera com 45% em Recife

O candidato João da Costa, da coligação "Frente do Recife" (PCdoB-PDT-PMN-PTB-PRP-PTdoB-PT-PSDC-PR-PSB-PTN-PRB-PRTB-PSL-PHS), lidera as intenções de voto em Recife com 45%, conforme pesquisa do Datafolha realizada nos dias 4 e 5 de setembro e divulgada hoje. Na segunda colocação está Mendonça Neto (DEM), com 22% das preferências. Em comparação com o levantamento realizado em 21 e 22 de agosto, João da Costa avançou oito pontos porcentuais e Mendonça caiu quatro.Carlos Eduardo Cadoca - "Amor pelo Recife" (PSC-PP-PTC-PPS-PV) -, que liderava a terceira posição, passa agora a dividi-la com Raul Henry, da "Coligação por um Novo Recife" (PMDB-PSDB). O candidato do PSC tem agora 10% das menções de voto, enquanto Raul fica com 9%. Edilson Silva (PSOL) e Kátia Telles (PSTU) possuem 1% cada. Do total dos eleitores consultados, 12% não têm candidato, 7% pretendem anular o voto ou votar em branco e 5% estão indecisos.Na pesquisa estimulada sobre o segundo turno, João da Costa venceria seus adversários nas duas simulações em que aparece. O petista teria 54% dos votos e o candidato do DEM, 37%. Contra Cadoca, João da Costa teria 64% dos votos, enquanto o candidato do PSC ficaria com 25%, ante os porcentuais de 53% e 33%, respectivamente, em agosto. Numa eventual disputa entre Mendonça e Cadoca, o candidato do DEM seria eleito com 55% dos votos, ante 30% do segundo colocado.A maior rejeição dos eleitores de Recife é em relação a Kátia Telles. Dos entrevistados, 41% não votariam nela de forma alguma. A candidata fica empatada com Cadoca, cuja rejeição é de 37%. O Datafolha ouviu 815 eleitores com 16 anos ou mais. A margem de erro máxima é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Pernambuco sob o número 046/2008.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.