Dados permitem comparação com outros países

O índice de confiança social foi criado pelo Ibope para comparar o quanto a população confia em cada uma das principais instituições do País e no seu conjunto. A metodologia permite que os valores sejam comparáveis entre países também.

O Estado de S.Paulo

24 de dezembro de 2012 | 04h36

Para cada uma das 22 instituições sociais e políticas avaliadas o Ibope perguntou aos cidadãos com 18 anos ou mais se tinham "muita", "alguma", "pouca" ou "nenhuma" confiança. Cada resposta tem peso 100, 66, 33 ou zero, proporcional à intensidade da confiança. O índice é a soma das alternativas dividida pelo número de respostas. Assim, uma instituição que tivesse 25% para cada uma das quatro alternativas (muita confiança, alguma, pouca ou nenhuma) acabaria com um índice final de 50, em uma escala até 100. Quanto mais alto é o valor, maior é o grau de confiança da população naquela instituição. A média aritmética simples de todas as instituições é o índice de confiança social de cada país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.