Wilton Júnior / Estadão
Wilton Júnior / Estadão

Crivella é multado por propaganda irregular

Justiça Eleitoral aplicou punição por por instalação de placas de propaganda de uma obra da prefeitura na Barra da Tijuca

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

08 de novembro de 2020 | 18h10

RIO - O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), que tenta a reeleição, foi multado pela Justiça Eleitoral em cerca de R$ 5 mil por instalar placas de propaganda de uma obra da prefeitura na Barra da Tijuca (zona oeste). Durante o período de três meses imediatamente anterior à eleição (portanto, de 15 de agosto a 15 de novembro), a lei proíbe propaganda institucional.

A denúncia à Justiça Eleitoral foi feita pela campanha do candidato Eduardo Paes (DEM), que constatou, entre 20 e 27 de setembro, a existência de placas de propaganda da prefeitura em um trecho da avenida Lucio Costa.

“Nos três meses que antecedem o pleito, ou seja, a partir de 15 de agosto, fica expressamente vedado autorizar a realização da publicidade institucional, devendo todas as placas de obras públicas que contenham marcas e slogans da prefeitura serem retiradas”, defendeu o Ministério Público Eleitoral. “A propaganda institucional foi feita numa via de grande movimento na Barra da Tijuca, havendo o logotipo da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, o que comprova a propaganda institucional”, registrou o juiz Flávio Silveira Quaresma, da 230ª Zona Eleitoral do Rio de Janeiro.

Segundo ele, Crivella afirmou que desconhecia o fato, mas “Crivella é Chefe do Poder Executivo Municipal e tem o dever jurídico de conhecer todas as obras da sua administração, ainda mais no bairro em que reside”.

Consultado pela reportagem por meio de sua assessoria, o prefeito não se manifestou sobre a decisão judicial até a publicação desta reportagem.

Neste domingo, 8, Crivella participou de carreata por bairros da zona oeste do Rio.

Paes

Neste domingo, Paes fez campanha nas zonas norte e oeste – um dos compromissos foi na Feira de São Cristóvão, no bairro de São Cristóvão (zona norte do Rio).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.