'Cozido' reaproxima líder do PMDB e governador

Antigo desafeto, Jarbas Vasconcelos recebe Campos em almoço, esta tarde, para definir passos comuns para 2014

RECIFE, O Estado de S.Paulo

23 de março de 2013 | 02h06

Empenhado na articulação da candidatura do governador Eduardo Campos (PSB) à Presidência da República em 2014, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) oferece hoje em sua casa de praia, no Janga, o seu famoso "cozido", em almoço dedicado ao seu ex-desafeto, com quem esteve rompido por 20 anos. Cerca de 50 pessoas - amigos e familiares dos dois políticos - foram convidadas. O evento é fechado para a imprensa.

O fato é simbólico. A "turma do cozido" sempre foi motivo de pilhéria entre os seguidores de Miguel Arraes, avô do governador, e de Campos, os "eduardistas". O rompimento entre eles se deu em 1992. No ano seguinte, Jarbas se aliou à direita criando a "União por Pernambuco" - que o elegeu governador em 1994. Arraes, então, foi taxativo: Jarbas havia escolhido "o caminho da perdição". A "turma do cozido" passaria a ser conhecida como a direita, o fisiologismo.

Interlocutores de Campos veem com tranquilidade sua aproximação com essa "turma" que tanto criticou. Lembram que Eduardo se manteve no mesmo lado todo este tempo e que Jarbas é que está retornando ao campo que havia deixado.

A reconciliação ocorreu no ano passado, quando Jarbas apoiou o candidato de Campos à prefeitura do Recife, Geraldo Julio (PSB). O almoço, dizem aliados de Jarbas, é um avanço na reconstrução do relacionamento entre os dois. O senador tem destacado sua admiração pela capacidade de Campos - que ele reconhece não possuir - de administrar a gestão e fazer política nacional ao mesmo tempo.

Jarbas é amigo pessoal do ex-governador José Serra, com quem Campos se encontrou na semana passada. O senador promete fazer o meio de campo entre os dois e com os peemedebistas insatisfeitos com a convenção do partido que reconduziu Michel Temer ao comando. / A.L.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.