Coutinho e Duda negam irregularidade em pagamentos

O governador Ricardo Coutinho (PSB) nega pagamentos ilícitos em sua campanha. Por meio da assessoria, ele afirma: "O motorista recebeu da Mkpol Marketing Político, empresa de José Eugênio de Jesus Neto, assessor do publicitário Duda Mendonça, que fez o primeiro turno da campanha. Todos os pagamentos constam nas contas da campanha, aprovadas pelo TRE da Paraíba". "O governador não obteve acesso ao relatório (da PF), mesmo sendo parte interessada e indevidamente envolvida, não foi ouvido ou indiciado no curso do inquérito policial."

O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2013 | 02h08

A assessoria de Coutinho é categórica. "A alegação de que teria ocorrido desvio de recursos do programa para utilização na campanha eleitoral não passa de exercício de ilação."

O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, que defende Duda Mendonça, afirma que ele não praticou ilícitos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.