Correção

Diferentemente do publicado no quadro "Esquema nos Portos", na pág. A8 de ontem, a Libra não foi beneficiada por um acordo articulado por Paulo Vieira. O ex-diretor da ANA tentou aprovar anistia à empresa em 2005 de uma dívida com a Companhia Docas do Estado de São Paulo no valor de R$ 120 milhões, mas o Ministério dos Transportes suspendeu a negociação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.