Cópia de cheque também foi entregue

Marcos Valério também enviou à procuradoria cópia do cheque destinado à empresa Caso, de Freud Godoy, ex-assessor da Presidência da República. O dinheiro, de acordo com Valério, serviu para o pagamento de "despesas pessoais" do ex-presidente Lula. O cheque no valor de R$ 98,5 mil foi emitido em janeiro de 2003 pela SMPB Propaganda. Freud Godoy foi descrito por Valério como uma espécie de "faz-tudo" de Lula. Ao investigar o mensalão, a CPI dos Correios já havia detectado, em 2005, um pagamento feito pela SMPB, agência de publicidade de Valério, à empresa de Freud.

O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2012 | 02h05

Oficialmente, Freud Godoy afirmou que o dinheiro serviu para o pagamento de serviços prestados durante a campanha eleitoral de 2002. Esses serviços, admitiu Freud à época da CPI, não foram formalizados em contrato e não houve contabilização formal das despesas. Com a nova denúncia, Freud afirmou que suas contas já foram devassadas e que vai processar Valério pelas acusações que fez. / F.R., A.R. e F.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.