Contra Renan, 1,6 mi de adesões

Um abaixo-assinado aberto no site da Avaaz pedindo a saída de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado arrebanhou, em fevereiro deste ano, 1,6 milhão de assinaturas a favor do impeachment do senador.

O Estado de S.Paulo

30 Junho 2013 | 02h08

A petição foi levada por representantes da organização, entre eles Pedro Abramovay, ao Senado, onde foi recebida por Pedro Simon (PMDB-RS), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), Aloysio Nunes (PSDB-SP), João Capiberibe (PSB-AP) e Cristovam Buarque (PDT-DF).

Na época, os internautas também tentaram organizar um protesto de rua em Brasília, embalados pela onda de adesões à petição contra Renan. A manifestação, porém, teve a presença de apenas 30 pessoas em frente ao Congresso Nacional. O episódio levou especialistas, na ocasião, a questionar o poder da internet na política: alguns diziam que o País vivia a era do "ativismo de sofá".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.