Contas de campanha de Luiz Marinho são aprovadas

A juíza da 1ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, no Grande ABC, Fabiana Vargas, aprovou as contas de campanha do prefeito eleito da cidade, Luiz Marinho (PT). O petista fez uma das campanhas mais caras do País, com R$ 11,1 milhões declarados, o que significa que Marinho gastou, em média, R$ 47 por voto recebido. O prefeito Gilberto Kassab (DEM), por exemplo, gastou R$ 7,3 por voto. Os maiores patrocinadores da campanha do petista foram a Petroquímica União, que entrou com R$ 800 mil, e o Diretório Nacional do PT, com quantia semelhante. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.