Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Cônsul-geral em Sydney afirma que é inocente

O cônsul-geral do Brasil em Sydney, Américo Fontenelle, informou que não vai se pronunciar oficialmente sobre o processo disciplinar. Por telefone, ele afirmou ao Jornal Nacional, da TV Globo, que é inocente e aguarda o resultado final da apuração.

O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2013 | 02h05

O ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, afirmou que as denúncias de assédio serão investigadas "adequadamente" por uma comissão de ética formada por embaixadores que acaba de ser nomeada pelo Itamaraty. "Vamos dar a essa comissão de investigação o tempo necessário para que seja investigada adequadamente essa situação toda", disse o ministro em entrevista veiculada ontem pela TV Globo.

"Mas, mais uma vez eu repito: não há espaço no Itamaraty para comportamentos que não se adequem às funções que nós desempenhamos, com a importância de se tratar colegas e subordinados com o respeito que eles merecem", disse Patriota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.