Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Congresso tem 11 parlamentares que já foram presos

A possibilidade de prisão de alguns parlamentares em julgamento no processo do mensalão joga luz sobre políticos no Congresso que já viveram situação semelhante. Ainda que não tenham sido definitivamente condenados, oito deputados e três senadores que hoje exercem mandato já foram presos. O PSDB tem mais filiados nesta situação: dois senadores e dois deputados. O PP tem dois integrantes que foram presos, enquanto PT, PMDB, PSD, DEM e PDT têm um cada.

O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2012 | 03h05

O deputado Carlos Magno (PP), de Rondônia, ficou mais tempo preso, 103 dias. Ele era candidato a vice na chapa de Ivo Cassol (PP) para o governo estadual quando foi detido em 2006 pela PF, acusado de integrar esquema de desvio de recursos públicos. A acusação se refere ao período que ele ocupou a Casa Civil do primeiro governo de Cassol. O deputado nega.

O mais famoso da lista é o deputado Paulo Maluf (PP-SP), que ficou 40 dias preso em 2005 acusado de corrupção, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e crimes financeiros. Maluf tem ordem de prisão contra ele expedida nos Estados Unidos e está na lista de procurados da Interpol. Sua assessoria não respondeu às tentativas de contato feitas pela reportagem. / EDUARDO BRESCIANI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.