Congresso sobre jornais começa hoje em São Paulo

Com a presença de jornalistas e executivos da área de comunicação de todo o País, a Associação Nacional de Jornais (ANJ) abre hoje, em São Paulo, o seu 9.º Congresso Brasileiro de Jornais. O evento, que se estende até amanhã à tarde, será realizado no Sheraton WTC Hotel, na zona sul da cidade.

O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2012 | 03h05

Entre seus convidados estarão o gerente-geral do News Service do jornal The New York Times, Michael Greenspon, e o jornalista Bill Kovach, que dirigiu a sucursal desse jornal em Washington e é autor de um clássico das escolas de jornalismo dos EUA, Elementos do Jornalismo.

Entre 9h e 16h30, cerca de dez painéis discutirão, neste primeiro dia, temas como novos modelos de negócios; a publicidade em um mercado multiplataforma; internet paga; o direito autoral em mídias digitais; autorregulamentação e liberdade de expressão. Greenspon fará a primeira palestra, já de manhã, sobre o tema "Construindo Novos Modelos de Negócios", que terá como mediador o ex-presidente executivo do Grupo Estado, Silvio Genesini. A partir das 11 horas, Bill Kovach debaterá com Ascânio Seleme, diretor de O Globo, e Fernando Rodrigues, colunista da Folha de S. Paulo, "Fundamentos do Jornalismo: por que continuam valendo nas novas mídias".

No início da tarde, às 14h, o presidente executivo do Grupo Estado e vice-presidente da ANJ, Francisco Mesquita Neto, será o moderador de um painel sobre "Liberdade de expressão" que terá, entre seus debatedores, a diretora de Prevenção da Corrupção da Controladoria-Geral da União (CGU), Vânia Vieira. O diretor de Conteúdo do Estado, Ricardo Gandour, abordará mais tarde o tema "O jornalista multitarefa", em uma mesa dos comitês de recursos humanos.

Ao longo da tarde, haverá reuniões do Conselho Administrativo da ANJ. O programa desse primeiro dia se encerrará com a entrega do Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa e a posse da nova diretoria da ANJ.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.