Computador é bem durável que mais aumentou nos lares

Menos rádios, mais computadores e máquinas de lavar. O Censo 2010 mostra que, em uma década, o computador foi o bem durável cuja presença mais aumentou nos lares brasileiros. Em 2000, 10,6% dos domicílios tinham computadores. No ano passado, o índice chegou a 38,3%.

O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2011 | 03h03

O porcentual de lares com rádio caiu de 87,9% para 81,4% em uma década. Já a máquina de lavar roupa chegou a 47,2% dos domicílios em 2010, ante 32,9% em 2000. A televisão é o bem durável mais disseminado, presente em 95% dos lares, segundo o último Censo. Dez anos antes, estava em 87,2%. A participação do automóvel para uso particular também cresceu na década, de 32,7% para 39,5%.

De acordo com o Censo, 87,9% dos domicílios brasileiros tinham uma linha de telefone em 2010. Predominou a proporção de domicílios somente com telefone celular. O índice chegou a 57,9% na Região Norte, 57,4% no Centro-Oeste, 56,7% no Nordeste, 50,2% no Sul e 36,9% no Sudeste. Já o porcentual de lares com telefone fixo e celular foi maior no Sudeste: 49,2%. As Regiões Nordeste e Norte apresentaram os maiores índices de domicílios que não tinham telefone, respectivamente 22,7% e 22,2%. / F.W. e L.M.N.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.