Com registro negado, Arruda lidera disputa ao governo do DF

Candidato do PR tem 35% das intenções de voto, segundo Datafolha divulgado nesta sexta; pedido de candidatura foi negado pelo TRE com base na Ficha Limpa, mas defesa recorreu

Stefânia Akel, O Estado de S. Paulo

15 de agosto de 2014 | 10h08

São Paulo - O ex-governador José Roberto Arruda (PR) lidera a disputa pelo governo do Distrito Federal 35% das intenções de voto, ante 19% do atual governador, Agnelo Queiroz (PT), segundo nova pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira, 15. Arruda teve o pedido de registro de sua candidatura negado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) nesta semana com base na Lei da Ficha Limpa, mas a defesa do candidato recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O candidato do PSB, Rodrigo Rollemberg, tem 13% das intenções de voto e aparece tecnicamente empatado com o petista, uma vez que o levantamento tem margem de erro de quatro pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Toninho do PSOL (PSOL) tem 7% e Luiz Pitiman (PSDB) aparece com 4%. Perci Marrara (PCO) não pontuou. Brancos e nulos somaram 12% e outros 10% não sabem ou não opinaram.

Segundo o mesmo levantamento, Agnelo tem a maior taxa de rejeição (48%), seguido por Arruda, com 37%. Já Rollemberg é rejeitado por 13% dos entrevistados.

Os eleitores avaliaram mal a administração de Agnelo. Para 46% dos entrevistados, o governo do petista é considerado "ruim ou péssimo". Para 15% dos entrevistados, a administração do governador é considerada "boa ou ótima", enquanto outros 36% a avaliam como "regular".

O Datafolha ouviu 736 eleitores entre terça-feira, 12, e quarta-feira, 13. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo DF-00029/2014.

Mais conteúdo sobre:
eleiçõesArruda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.