Com julgamento, número de decisões do STF tem queda

No ano do mensalão, o Supremo deverá tomar menos decisões do que em períodos anteriores. Segundo estatísticas da Corte, em 2012 foram 78.092, contra 102.411 no ano passado. Nesse cálculo estão incluídas sentenças colegiadas, monocráticas e vários tipos de liminares.

O Estado de S.Paulo

19 de novembro de 2012 | 02h06

O tribunal ainda tem um mês de trabalho pela frente antes de entrar em recesso no dia 19 de dezembro. Mas muitas sessões ainda serão consumidas com a conclusão do julgamento do mensalão e com solenidades, como as posses do novo presidente, Joaquim Barbosa, e do ministro Teori Zavascki, que substituirá Cezar Peluso, aposentado compulsoriamente em setembro. Das 49 sessões realizadas até agora neste semestre no plenário do STF, 46 foram usadas para julgar o processo do mensalão.

Advogados e partes reclamam que o julgamento paralisou o Supremo. O ministro Marco Aurélio Mello também mostrou insatisfação com o fato de a pauta do plenário neste semestre ter se concentrado basicamente na análise do processo do mensalão. / MARIÂNGELA GALLUCCI

Tudo o que sabemos sobre:
Mensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.