Divulgação/Marília Arraes
Divulgação/Marília Arraes

Com críticas à cúpula do PT, Marília Arraes anuncia candidatura a deputada federal

Vereadora foi lançada como pré-candidata ao governo estadual, mas teve sua candidatura barrada pela direção do partido

Daniel Weterman, Kleber Nunes e Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo

05 de agosto de 2018 | 20h20

Com críticas à cúpula nacional do PT, a vereadora do Recife Marília Arraes (PT) comunicou neste domingo, 5, a decisão de ser candidata a deputada federal por Pernambuco. A vereadora foi lançada como pré-candidata ao governo estadual, mas teve sua candidatura barrada pela direção nacional do PT em um acordo que garantiu a neutralidade do PSB na eleição presidencial.

O grupo que defendia a candidatura de Marília ao governo de Pernambuco divulgou uma nota afirmando que o acordo com o PSB, que facilita a candidatura do governador Paulo Câmara (PSB) à reeleição, "atropelou o desejo de nossas bases de ter uma candidatura própria" que representasse a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Estado.

A neta do ex-governador do estado Miguel Arraes construiu sua pré-candidatura no último ano com o apoio da militância do PT, movimentos sociais e sindicatos. Marília também conseguiu o apoio do PROS e do Avante e estava tentando ampliar seu arco de alianças com a Rede e mantendo conversas com o PSOL.

Mesmo acumulando capital político-eleitoral e despontando como forte candidata nas pesquisas de intenção de voto onde aparecia empatada tecnicamente com o governador e candidato à reeleição Paulo Câmara, teve sua candidatura barrada. 

"O lançamento do nome da companheira Marília Arraes para a disputa à Câmara Federal é feito coletivamente. Por várias companheiras e companheiros que também estarão nesta batalha eleitoral", diz a nota. "Somos dirigentes partidários, militantes e também candidatas e candidatos nesta eleição. Essa eleição é de um projeto político construido com a militância."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.