Colaboração uniu 6 nações

Nas décadas de 1960 e 1970, no auge da Guerra Fria, que opunha regimes socialistas e capitalistas, ditaduras militares espalharam-se por vários países da América Latina. Partidos políticos, sindicatos e imprensa foram submetidos a diferentes formas de controle e censura e os opositores passaram a ser duramente perseguidos. Muitos deles, para escapar da prisão e da morte, procuraram refúgio em países vizinhos.

O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2012 | 03h03

As forças de segurança reagiram com uma espécie de acordo político e militar que ficou conhecido como Operação Condor. Na prática, ela consistia em caçar e devolver ao país de origem os perseguidos políticos que haviam procurado refúgio em terras estrangeiras. Esse tipo de ação, que podia resultar na morte do refugiado, violava as convenções internacionais.

Além do Brasil, participavam do grupo Chile, Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai. / ROLDÃO ARRUDA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.