'Problema de velhura', diz Ciro após receber alta de hospital

Candidato à Presidência pelo PDT deixou hospital Sírio-Libanês por volta de 16h

Caio Rinaldi - O Estado de S.Paulo

O candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) recebeu alta na tarde desta quarta-feira, 26,  cerca de uma hora e meia antes de participar do debate presidencial promovido pelo SBT/Folha/UOL. Antes de entrar no carro, Ciro falou brevemente com a imprensa na frente do Hospital Sírio-Libanês. 

"Problema de velhura", disse o candidato em tom jocoso sobre a ocorrência médica que o fez passar por um procedimento de cauterização na próstata. Questionado pelo Estadão/Broadcast sobre sua estratégia para o debate presidencial, no SBT, o candidato explicou: "Atacar em trancelim e defender em ziguezague". 

Continua após a publicidade

Por recomendação médica, Ciro deverá descansar nos próximos dias. Assim, os atos em Divinópolis, no centro-oeste de Minas Gerais, previsto para quinta, e pelos três Estados do Sul do País, na sexta-feira, não contarão com a presença do presidenciável. 

Ciro Gomes, candidato à Presidência do PDT Foto: Dida Sampaio/Estadão

O candidato entrou no hospital na tarde de terça com quadro de sangramento urinário espontâneo, "relacionado com crescimento benigno da próstata". "No futuro, talvez torne-se necessária novas avaliações para se evitar repetição de episódios semelhantes", dizia o boletim médico.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

'Problema de velhura', diz Ciro após receber alta de hospital

Candidato à Presidência pelo PDT deixou hospital Sírio-Libanês por volta de 16h

Caio Rinaldi - O Estado de S.Paulo

O candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) recebeu alta na tarde desta quarta-feira, 26,  cerca de uma hora e meia antes de participar do debate presidencial promovido pelo SBT/Folha/UOL. Antes de entrar no carro, Ciro falou brevemente com a imprensa na frente do Hospital Sírio-Libanês. 

"Problema de velhura", disse o candidato em tom jocoso sobre a ocorrência médica que o fez passar por um procedimento de cauterização na próstata. Questionado pelo Estadão/Broadcast sobre sua estratégia para o debate presidencial, no SBT, o candidato explicou: "Atacar em trancelim e defender em ziguezague". 

Continua após a publicidade

Por recomendação médica, Ciro deverá descansar nos próximos dias. Assim, os atos em Divinópolis, no centro-oeste de Minas Gerais, previsto para quinta, e pelos três Estados do Sul do País, na sexta-feira, não contarão com a presença do presidenciável. 

Ciro Gomes, candidato à Presidência do PDT Foto: Dida Sampaio/Estadão

O candidato entrou no hospital na tarde de terça com quadro de sangramento urinário espontâneo, "relacionado com crescimento benigno da próstata". "No futuro, talvez torne-se necessária novas avaliações para se evitar repetição de episódios semelhantes", dizia o boletim médico.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Atualizamos nossa política de cookies

Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.