Ciro: eventual chapa com Dilma 'vai de vento em popa'

O deputado federal e ex-ministro da Fazenda Ciro Gomes (PSB-CE) deu a entender que considera que amplificou a versão de que ele estaria entusiasmado com a idéia de formar uma chapa com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, na campanha presidencial de 2010. Em resposta a uma pergunta sobre eventual negociação com vistas à formação da dobradinha, o deputado respondeu: "Está de vento em popa. Na imprensa. Nem eu nem ela (Dilma) podemos assumir que somos candidatos, ainda. Só temos clareza de que o Brasil, de onde está, não pode andar para trás."Na terça-feira da semana passada, em São Paulo, Ciro Gomes admitiu a possibilidade de compor chapa com Dilma e a qualificou de "pessoa extraordinária". Em resposta à pergunta se uma chapa formada pelo deputado e pela ministra teria força, Ciro respondeu: "Dilma é muito forte", limitou-se a afirmar o parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.