Dida Sampaio/ ESTADÃO
Dida Sampaio/ ESTADÃO

Ciro critica polarização entre Lula e Bolsonaro: ‘O País vai liquidar-se’

Pré-candidato à Presidência pelo PDT diz que pauta baseada na rejeição não leva o Brasil ao desenvolvimento

Rubens Anater, O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2022 | 22h36

Pré-candidato à Presidência pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes criticou a polarização entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lideram as pesquisas de intenção de voto, e afirmou neste sábado, 22, que uma pauta baseada na rejeição entre oponentes não leva o País ao desenvolvimento. “Se a gente diz não ao PT para votar no Bolsonaro e diz não ao Bolsonaro para votar no PT, o País vai liquidar-se”, disse ele, em a BandNews TV.

Nesta-sexta, 21, Ciro lançou oficialmente sua pré-candidatura à Presidência e havia feito um discurso incisivo contra os principais adversários. Na fala em Brasília, Ciro vinculou Lula a Bolsonaro e propôs quebrar essa polarização.

Na entrevista a BandNews TV, o pré-candidato do PDT disse ainda que irá sugerir uma nova reforma trabalhista. “Vamos achar o equilíbrio e a guia será a proteção do trabalho e do trabalhador”, diz ele.

Ciro disse ainda que é preciso rever a política de preços da Petrobras e prometeu combater a privatização da estatal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.