Chalita se junta aos vereadores líderes de voto em SP

O ex-secretário estadual de Educação Gabriel Chalita (PSDB) entrou para a história como um dos maiores puxadores de votos na Câmara Municipal. Nas eleições deste ano, apurada a totalidade dos votos, Chalita atingiu 102.048 votos. Com isso, ele se colocou ao lado de outros grandes campeões de votos da cidade. Em 1996, Nelo Rodolpho (do antigo PPB), ficou com 77.806 votos, dentro da onda que elegeu Paulo Maluf à prefeitura. Quatro anos depois, José Eduardo Martins Cardozo (PT), que ficou famoso por ter presidido a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Máfia dos Fiscais, conquistou um patamar de votos até aqui insuperável: 229.494 eleitores o escolheram para continuar na Câmara Municipal. Essa popularidade já rendeu ao ex-vereador duas eleições à Câmara dos Deputados, em Brasília. Em 2004, foi a vez de José Aníbal (PSDB) conquistar o primeiro posto dos mais votados na cidade. O tucano alcançou a marca de 165.880 votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.