Chalita faz campanha em lixão e reza com crianças

O candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita, iniciou sua campanha oficialmente nesta sexta-feira com uma caminhada por um morro e um lixão na Chácara Bananal, extremo sul da cidade. Chalita visitou casas em área de risco e, numa delas, parou para rezar o Pai Nosso com crianças.

DAIENE CARDOSO E FELIPE FRAZÃO, Agência Estado

06 de julho de 2012 | 15h12

"É uma região muito pobre e falta bastante coisa. São crianças que estão tendo seu futuro roubado e precisam de uma história mais bonita", disse Chalita, que é ligado à corrente da renovação carismática católica, ao fim da oração.

O peemedebista disse que escolheu o local por causa dos problemas identificados na fase de pré-campanha. Moradores da região, reduto do PT e do vereador Milton Leite (DEM), um ex-peemedebista, reclamaram da falta de água, asfalto e saneamento básico. Eles pediram creches e espaços de lazer.

O candidato foi o único a marcar a primeira agenda de campanha na periferia. "Vamos fazer uma campanha fora do tradicional, que hoje seria uma caminhada no centro. Todos estão fazendo", disse o vice-presidente do PMDB paulistano, Alex Dário.

A convenção do PMDB que lançou Chalita foi na Praça da Sé, em 24 de junho. Agora o partido quer priorizar áreas afastadas do Centro expandido, para torná-lo mais conhecido. Ele terá agenda na zona Leste, em Itaquera, no sábado, e em Ermelino Matarazzo, no domingo.

Apesar de querer inovar, a caminhada de Chalita teve seus momentos de repetição do roteiro tradicional das campanhas eleitorais. Ele tirou fotos com crianças no colo, entrou em casas e foi acompanhado por militantes levados de ônibus com bandeiras e o refrão do jingle decorado. Durante as duas horas de visita ao morro, acompanhado de candidatos a vereador pelo PMDB, Chalita posou para fotos e foi paparicado por mulheres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.